Dany Castro

Minha foto
São Paulo, SP, Brazil
Mineira "apaulistada", Life e Personal Coach (certificada pela SBC) e Coach do SendoPaleo Coaching, juntamente com o Coach Teco Mendes. Mas o que é COACHING? Um Coach trabalha com mudança de comportamentos e metas. E antes de você saber se você precisa de um, dê uma chance à Paleo/ LCHF! Leia os livros, Blogs ( principalmente o sendopaleo.com)... talvez só esteja faltando isso! Mas se você precisa de um empurrãozinho, de alguém te auxilie nesta transição, conte comigo! CONTATO: coachdanycastro@sendopaleo.com Enjoy!

terça-feira, 31 de maio de 2011

Dieta do Tipo Sanguíneo - Parte I

Oi minhas queridas... tudo bem?


Este post vi ficar um pouquinho extenso, mas quero colocar aqui os pontos fundamentais dessa dieta.



Na verdade, essa dieta me chamou a atenção, quando meu primo disse que estava seguindo...

Ele simplesmente não consome os alimentos ditos "nocivos" para o seu tipo sanguíneo (no caso, é o tipo B, o mesmo que o meu). Os alimentos ditos "benéficos" ele consome Á VONTADE ( e acredite, ele come MUITO!!!), e os alimentos ditos "neutros", consome com moderação.

Sabe qual o Percentual de Gordura dele, atualmente?
6%....!!!!

Vou postar um relato dele à tarde, em outro post, porque isso aqui já tá ficando gigante!!rs

Ele treina todos os dias, está rasgado e sequinho.Praticamente não consome suplementos, não gosta de whey protein, consome apenas algumas barrinhas de proteínas no lanche.


Vamos então aos fundamentos desta dieta:

                                       (texto extraído do site: http://www.mulherdeclasse.com.br/)

De acordo com a teoria do médico naturopata Peter D´Adamo, a reação do organismo a certos tipos de alimento,o metabolismo e a perda de peso estão relacionadas ao grupo sanguíneo.


     Vida longa, saúde, vigor e peso ideal são metas de todas as pessoas. Uma vida saudável também é influenciada pelo tipo sangüíneo de cada um. É ele que determina a sensibilidade para doenças, o nível de energia, a queima de calorias e a reação emocional ao estresse. O conhecimento do grupo de sangue também favorece melhor compreensão do estado de saúde geral. Mas o que talvez nem todos saibam é que também se pode determinar a compatibilidade ou não da pessoa com certos alimentos, que reagem de maneiras diferentes no organismo, pelo líquido que corre em nossas veias: é a dieta do tipo sanguíneo.

     Idealizada pelo naturopata (naturopatia é um segmento alternativo que acredita que o corpo deve se manter equilibrado para desenvolver dispositivos de cura) Peter D´Adamo, a dieta do tipo sangüíneo mostra o que é bom ou não consumir de acordo com os quatro grupos principais (A, B, AB e O).

 Os alimentos, segundo a dieta de D´Adamo, são divididos em três categorias: benéfico (alimento que atua como remédio, capazes de prevenir e tratar doenças), neutro (atua como alimento mesmo) e nocivo (atua como veneno ao organismo, podendo causar ou agravar doenças). Como a lista dos alimentos é muito extensa, separamos os principais que devem ser consumidos ou evitados. A relação traz apenas alguns itens e serve como uma referência. Não inicie uma dieta sem antes consultar seu médico.Basicamente, esta dieta segue a premissa de que cada grupo sanguíneo (A, B, AB e O) deve ingerir alimentos específicos. Para cada grupo sanguíneo, os alimentos podem ser classificados como:

Benéficos: alimentos que previnem e tratam doenças;


Neutros: alimentos que não previnem doenças, porém, também não prejudicam à pessoa;


Nocivos: alimentos que podem agravar ou causar danos à pessoa



Grupo sangüíneo O



     Quase 50% da população tem este tipo de sangue, é o grupo mais antigo e é o resultado do cruzamento de várias culturas. Geralmente precisam comer proteína animal todos os dias. O aparelho digestivo é forte, pois produz sucos gástricos em abundância, importante para a digestão da carne. Mas justamente por produzirem maior quantidade desses sucos gástricos, ocorre a maior incidência de doenças estomacais, como gastrites e úlceras. Não são bem-vindos: aveia, trigo, grãos e derivados do leite. O sistema imunológico é bem ativo e consegue reagir ao estresse com grande atividade física.

Alimentos Benéficos

Carnes: bovina, ovina, vitela, cordeiro
Peixes: bacalhau, badejo, sardinha, linguado, salmão
Laticínios: queijo de leite de cabra, queijo de soja
Frutas: ameixa, nozes, figo, semente de abóbora
Verduras: batata-doce, couve, quiabo, cebola, abóbora, brócolis, espinafre, alface romana, acelga, salsa
Cereais: pão de trigo germinado (pão-dos-essênios)
Outros: azeite


Alimentos Neutros

Carnes: frango e peru

Peixes: atum, camarão, lagosta
Laticínios: muçarela, manteiga, minas frescal
Frutas: noz-pecã, castanhas, avelã, pinha
Verduras: berinjela, abobrinha, agrião, inhame, repolho
Cereais: farelo de arroz, arroz, centeio, tapioca, aveia
Outros: óleo de canola


 Alimentos Nocivos


Carnes: suína
Peixes: caviar, salmão defumado, polvo
Laticínios: creme-de-leite, iogurte, leite (integral ou magro), a maioria dos queijos, sorvete
Frutas: laranja, morango, coco, amora, amendoim, castanha-do-pará, pistache, castanha-de-caju, abacate
Cereais: trigo e milho
Outros: óleo de milho, óleo de amendoim




Alimentos que estimulam a perda de peso: algas, brócolis, peixes e frutos do mar, couve-manteiga, sal iodado, carne vermelha (carneiro, boi, caça, fígado), espinafre.


Alimentos que estimulam o aumento de peso: couve-flor, feijão, lentilha, milho, couve-de-bruxelas, repolho, trigo e derivados (glúten).



                                                              Grupo sangüíneo A



     Por volta de 38% da população tem esse tipo sangüíneo. Com o início das práticas agrícolas, esse grupo foi um dos primeiros a evoluir (por causa do consumo de vegetais). As pessoas pertencentes a esse segmento saem-se melhor como vegetarianos. O aparelho digestivo é sensível, com dificuldades para decompor as proteínas e gorduras de origem animal, pois produzem menos suco gástrico. Essas pessoas são mais sensíveis a doenças do coração, ao câncer e ao diabetes. Alimentos como proteínas de soja, grãos, legumes, comidas frescas, orgânicas, peixes e frutas são muito importantes. O sistema imunológico é tolerante e reage melhor ao estresse com atividades relaxantes.

Alimentos Benéficos

Peixes: bacalhau, salmão vermelho, salmão, sardinha, truta
Laticínios: tofu
Frutas: abacaxi, ameixa, cereja, figo, limão, amora, damasco
Verduras: abóbora moranga, alface romana, acelga, brócolis, cenoura, alcachofra, cebola
Cereais: farinhas de centeio, arroz, soja e aveia, pão de farinha de soja
Outros: alho, molho de soja, missô, melaço de cana, gengibre, chá verde, café, vinho tinto

 Alimentos Neutros 

Carnes: frango e peru
Peixes: atum, pescada
Laticínios: iogurte, mozarela, ricota, iogurte com frutas, coalhada, minas frescal
Frutas: melão, passas, pêra, maçã, morango, uva, pêssego, goiaba, quivi
Verduras: agrião, chicória, milho, beterraba
Cereais: fubá, flocos de milho, cevada
Outros: açúcar branco, chocolate, alecrim, mostarda seca, noz-moscada, manjericão, açúcar mascavo, orégano, canela, hortelã, salsa, sálvia

 Alimentos Nocivos


Carnes: bovina, ovina, suína, cordeiro, pato, vitela
Peixes: mexilhão, lagostim, salmão defumado, caviar, ostra, lagosta, camarão, caranguejo.
Laticínios: creme-de-leite, sorvete, leite magro e integral, manteiga, requeijão
Frutas: caqui, carambola, coco
Verduras: repolho, tomate, inhame, batata, berinjela, batata-doce
Cereais: Creme e germe de trigo, farinha de trigo integral, pão-preto, pão integral, farinha branca, granola
Outros: alcaparras, gelatina pura, pimenta em grão, vinagre, cerveja, licor, chá-preto, refrigerante,destilados




Alimentos que estimulam a perda de peso: abacaxi, verduras, óleos vegetais, feijão de soja e pratos com soja.


Alimentos que estimulam o aumento de peso: carne, feijão mulatinho, produtos do leite, trigo (em grandes quantidades).



Grupo sangüíneo B(é o meu!!!)





     Uma base de 10% da população tem esse tipo de sangue. Ele surgiu quando os seres humanos migraram para o Norte, encontrando terras mais frias e sombrias. A dieta pode ser mais variada, incluindo carne, e é o único tipo de sangue que se dá muito bem com os laticínios. O sistema imunológico das pessoas que tem o tipo B é forte, reage melhor ao estresse com criatividade. As recomendações gerais de alimentação são: carnes como cordeiro, carneiro, coelho, peru; peixes como bacalhau, salmão, linguado; laticínios como leite magro, iogurte e queijos; cereais como arroz, aveia, batata e inhame; azeite de oliva e muita verduras e legumes.

 Alimentos Benéficos

Carnes: cordeiro, carneiro, coelho e veado
Peixes: bacalhau, salmão, linguado, badejo, caviar, sardinha
Laticínios: iogurte, muçarela, coalhada, leite, queijo, ovos, ricota
Frutas: abacaxi, bananas, mamão, uvas, ameixa fresca
Verduras e legumes: batata-doce, cenoura, berinjela, inhame, beterraba, brócolis, couve, repolho
Cereais: arroz integral, aveia integral
Outros: gengibre, salsa, açafrão, hortelã, pimenta, ginseng, sálvia




 Alimentos Neutros


Carnes: bovina, peru, vitela
Peixes: arenque, truta, atum, lula
Laticínios: leite soja, queijo parmesão, queijo soja, manteiga, requeijão, leite integral
Frutas: morango, laranja, quiwi, passas, pêra
Verduras: abóbora, agrião, alface, acelga, aipo, espinafre
Cereais: granola
Outros: café, vinho branco, cerveja, chá-preto, chá de amora, hortelã, camomila, cogumelos

  Alimentos Nocivos

Carnes: frango, pato, suína Peixes: lagosta, camarão, anchova, caranguejo, polvo, ostra, mexilhão
Laticínios: queijo fundido e roquefort, sorvete com leite
Frutas: caqui, carambola, coco
Verduras: alcachofra, azeitonas, tomate, broto de feijão, milho verde
Cereais: farinha de trigo, milho, centeio
Outros: canela, maisena, pimenta branca e do reino, gelatina pura, refrigerantes, bebidas destiladas


Alimentos que estimulam o aumento de peso: milho, trigo, lentilhas, amendoins e gergelim

Alimentos que estimulam a perda de peso: ovos, leite e derivados com baixo teor de gordura, carne, verduras, chá de alcaçuz.




Grupo sangüíneo AB



     Cerca de 4% da população tem esse tipo de sangue. É uma adaptação moderna que surgiu da mistura do A e do B. Seu aparelho digestivo é sensível. Necessita de alimentos misturados em porções equilibradas. Já o sistema imunológico é excessivamente tolerante, tem reações às mudanças dietéticas e de ambientais. No geral, os alimentos recomendados são carne, peixe, produtos do leite, legumes, cereais, frutas e verduras.


Alimentos Benéficos

Carnes: ovina, coelho, cordeiro e peru
Peixes: atum, bacalhau, cavala, sardinha, garoupa, truta


Laticínios: coalhada, iogurte, muçarela, ricota, queijo cottage
Frutas: abacaxi, ameixa, cereja, figo, limão, quivi, uva, framboesa
Verduras: aipo, alho, beterraba, berinjela, brócolis, couve-flor, pepino
Cereais: arroz, farinha de centeio, de trigo, aveia
Outros: curry, alho, missô, gengibre, camomila

  Alimentos Neutros


Carnes: faisão, fígado
Peixes: arenque, linguado, carpa
Laticínios: leite e queijo de soja, leite desnatado, requeijão
Frutas: ameixa seca, pêra, passas, mamão, maçã, pêssego
Verduras: broto de bambu, cebolinha, escarola, agrião, vagem
Cereais: cevada, germe de trigo, granola
Outros: açafrão, mel, açúcar, melaço, chocolate, vinho

  Alimentos Nocivos


Carnes: bovina, suína, frango e vitela
Peixes: anchova, camarão, caranguejo, lagosta, linguado, ostra, mexilhão, siri
Laticínios: leite integral, creme-de-leite, parmesão, brie, provolone, roquefort, manteiga
Frutas: banana, caqui, goiaba, laranja, manga
Verduras: alcachofra, milho verde, nabo, pimentão, rabanete
Cereais: farinha de cevada, de milho, trigo sarraceno, cereais matinais, amido de milho
Outros: alcaparras, tapioca, vinagre, mel de milho, anis, maisena, malte de cevada, pimenta do reino e vermelha.


Alimentos que estimulam a perda de peso: abacaxi, peixe, couve-manteiga, produtos do leite, tofu.


Alimentos que estimulam o aumento de peso: trigo, feijão-mulatinho, milho, nozes e sementes, carne vermelha.



 Na verdade, isso é mais que uma dieta, é uma mudança de hábitos para toda a vida,visto que o objetivo não é apenas o emagrecimento, mas sim uma melhor compreensão do estado de saúde geral.

Vocês seguem ou conhecem alguém que segue esta dieta?

Quem quiser conhecer mais sobre o assunto:

 Livro: Viva Melhor com a Dieta do Tipo Sangüíneo
Autor: Peter J. D´Adamo
Editora no Brasil: Campus


Tô bem curiosa, vou atrás desse livro!


Beijinhos



3 comentários:

  1. Ai me desculpe, Dani... Eu realmente naõ vi esse post. Muito por sinal.
    Bj Priscila

    ResponderExcluir
  2. Oi Pri!!

    Acabei de colocar um link lá no outro post para este aqui!! :)

    Bjoca!

    ResponderExcluir
  3. Achei muito interessante... Mas acho que eu sou um pouco atípico... Sou "O" e meu intestino realmente é feroz... como tudo e nunca tem efeito colateral... Não tenho nada no estomago... e aceito tudo tipo de alimento mesmo os contra-indicados... Quanto a atividade física realmente me sinto muito disposto a treinar intensamente todos os dias... Mas me policio para não te o over-training.. treino 2 semanas intensamente e consecutivamente e 2 semanas intensamente porém a cada 2 dias coloco 1 dia de descanso total! Vamos que vamos!!!

    ResponderExcluir